Notícias

Conheça a Campanha de Missões SM/CIBI para 2017

Nossa convenção tem experimentado dias de crescimento e expansão missionária jamais vista e já existe pelo menos um batista independente em cada continente do mundo anunciando as boas novas de Cristo. Nossa unidade se consolida e nossas metas nunca estiveram tão alinhadas com as dos nossos primeiros missionários suecos enviados há 100 anos ao Brasil por amor a Grande Comissão. Contudo, a Igreja Brasileira enfrenta um grande desafio interno: a falta de discipulado, o evangelho fácil forjado em pregações de autoajuda desprovida de biblicidade.

Assim, convidamos você a fazer parte deste projeto, muitas novidades estão chegando para juntos expandirmos o Reino de Deus.

Em 2017, o tema das duas Campanhas de Missões será unificado. Foi criada uma arte oficial padrão, e outras que podem ser adaptadas para uma realidade mais local.

No site da SM todo material estará disponível. E como uma campanha participativa, as igrejas também podem sugerir uma temática de discussão e personalizamos as frases conforme sua necessidade local. A proposta da Secretaria de Missões é que haja uma maior interatividade com o tema, podendo ser adaptado para todos os grupos dentro da igreja local, como crianças, adolescentes, jovens, homens e mulheres.

Além de todos os recursos da Campanha disponíveis a partir de janeiro de 2017 no site da SM, também será enviado um KIT com todos os materiais da Campanha para as igrejas cadastradas.

Proposta

É muito fácil vermos os problemas e desafios que nos cercam e até criticar e dar opiniões, mas simplesmente não fazer nada. A foto do cartaz nos remete a isso:

– Podemos tirar as vendas de nossos olhos e não apenas ter uma posição de inconformismo, mas também nos levar a tomar uma atitude como indivíduos e igreja de Cristo diante desses problemas e desafios.

– Ou podemos colocar as vendas em nossos olhos e fingir que não vemos nada do que acontece a nossa volta e no Brasil ou no mundo.

Cremos que 2017 será um ano de “Boas Novas” e proclamaremos isso no Brasil e nas nações!

Não se conforme! Tome uma atitude!